Tem Sim Senhor Parte 1: Bandas Experimentais

1449

Views

 

Série de textos mostra a variedade de estilos executados pelas
bandas/artistas nacionais

Por João Messias THE ROCKER

Acreditem, não é falta do que fazer, e como faz tempo que não preencho
essas páginas com material novo, resolvi criar uma coisa diferente:
uma série, que até este momento possui três partes, mas pode ser que o
“monstrinho” cresça.

Motivado por algumas declarações que ouvi em shows e papos descontraidos,
, resolvi contar sobrea variedade de estilos praticados pelas bandas no nosso país,
pois é uma forma de mostrar o que temos em nosso país.

E as primeiras bandas que citarei nas linhas são as chamadas
“experimentais”, que por fazerem diversas misturas, não se classificam
em apenas um estilo, o que se por um lado causa desespero nos
críticos, leva ao delírio os fãs de boa música.



Começando com o duo Olam Ein Sof, que é formado pelos músicos Marcelo
Miranda (Violão) e Fernanda Ferreti (Voz e Violão), que ao longo de
seus onze anos de estrada e quatro discos, tem como característica a
mescla de música celta, folk aliada à climas etéreos e sombrios, que
pode agradar fãs de todas essas vertentes, com destaque para seu atual
trabalho, Ethereal Dimensions (2010).
Atualmente a banda está preparando um novo trabalho. Vale lembrar que
o som do duo ao vivo fica ainda mais forte e intenso.
www.olameinsof.com

Também mesclando a música celta, mas indo numa direção mais suave,
temos o também duo Tehilim, que é composto por César Ricky Mendes
(Voz/Guitarra/Violão) e Jackie Mendes (Flauta).

Formado em 2005,possui três álbuns, tendo Shine In The Darkness (2010) seu trabalho
mais marcante, por ser o seu primeiro trabalho com mais músicas
cantadas, tem o maior aprimoramento de sua proposta musical. Seu novo
trabalho tem a previsão de lançamento para agosto/setembro.
www.tehilim.com.br.

Fugindo das músicas irlandesas, temos talvez a mais irrotulável de
todas: o Diáfanes. Fazendo uma miscelânea de estilos como o rock,
metal, música japonesa, dança do ventre, bossa nova, jazz e tudo o que
possa imaginar, o quarteto formado por Lorena Hollander
(Voz/Guitarra), Ciro Visconti (Guitarra), Leo Baeta (Bateria) e
Leandro de César (Baixo) usa instrumentos não convencionais no Rock
como Theremin, Koto (espécie de Harpa Japonesa), Castanholas, entre
outros.

Com muitos shows no pelo Brasil e fora dele, a banda possui
dois álbuns: See Through (2004) e Obviously Clear (2008) e o EP Ennea
(2011) e também se prepara para lançar o novo trabalho, chamado Ave.
www.diafanes.com.br.

Para encerrar, temos o na época vocalista da banda Rei Lagarto,
Fabiano Negri com seu primeiro álbum solo, chamado A Practical Guide
To Throwing Money Away (2010), que diferente do Hard praticado por sua
antiga banda, atira em várias direções como o Blues, Psicodélico, Pop
e Western, mostrando competência e versatilidade. Hoje o vocalista
está com outros dois trabalhos: a Unsuspected Soul Band (Motown) e
Dusty Old Fingers (Classic Rock).
unsuspectedsoulband.blogspot.com/
dustyoldfingers.blogspot.com


Essa é uma pequena amostra do que temos em nosso país, e penso que ao
invés de ouvir apenas as bandas que estão na TV ou mesmo nos sites
mais badalados da internet, as pessoas deveriam procurar conhecer
novidades.

Tenho medo de um dia tudo isso acabar graças à falta
de interesse das pessoas.

Aguardem as próximas partes que terão como estilos abordados o Hard Rock e o Death Metal.

 

Sobre o autor: Joao Messias Jr.

João Messias Jr., ouve rock há mais de 20 anos e neste período criou os fanzines Clepsidra, Da Pacem Domine e New Horizons, este último existe hoje apenas na internet. Além do New Horizons, possui publicações veiculadas em portais como Undersound, Rock Post, Die Fight e Roadie Crew.


+ informações
email: joaomessias@teleobjetiva.com.br
Sobre a TeleObjetiva

A TeleObjetiva estúdio de comunicação Ltda é uma produtora de TV, Vídeo e Fotografia, com sede em São Paulo-SP. Oferece ao mercado soluções em transmissão ao vivo, programas e comerciais em vídeo para TV e Internet e o desenvolvimento de WebRádios, WebTVs e TVs Corporativas.

Newsletter